Karateca para Old Dragon e UD1

Quando os japoneses proibiram o porte de arma em Okinawa a população teve que aprender a se defender usando as mãos nuas, nascia assim um novo estilo de luta: o Karatê.

Como no dia 25 de Outubro foi o dia mundial do Karatê, decidimos homenagear esta arte marcial com uma adaptação para os sistemas Old Dragon e Universo D1.  Com uma especialização e um arquétipo profissional para aqueles que lutam com as mãos vazias.

OBS: este artigo é inspirado no estilo de Karatê Shotokan Tradicional, não esportivo e voltado para a autodefesa. Peço perdão aos demais estilos pela minha falta de conhecimento sobre eles. Oss.

I-CENÁRIO

“Alguém cujo espírito e força mental, se fortaleceram através das lutas com uma atitude de nunca desanimar não deve encontrar dificuldades em enfrentar algum desafio, por maior que ele seja.” Mestre Gichin Funakoshi.

Conheça um pouco mais do universo das artes marciais tradicionais do Japão:

DOJO: o treinamento acontece em um Dojo onde se aprende os caminhos do Karatê. Seja qual for seu Dojo, ele sempre será considerado um lugar sagrado. Do faixa branca ao shihan, todos devem cuidar do dojo. Limpar o tatame, tratar do jardim, ensinar os menos graduados e honrar sua tradição. Cada dojo tem seu objetivo. Alguns são competidores, outros buscam a iluminação e existem aqueles que treinam para utilizar seus punhos no combate ao mal.

Todo Dojo tem alguns senseis e um shihan. Os sensei são os karatecas formados, donos do Kuro-Obi (faixa preta), que continuam o treinamento enquanto ensinam os mais jovens. O Shihan é o karateca mais antigo e bem treinado do dojo. Cabe a ele liderar e ensinar todos os membros do Dojo, do branca ao preta. O karateca deve sempre honrar seu dojo. Preservá-lo é lutar por algo mais importante que sua própria vida: a tradição.

DOJO-KUN: representa o código de honra seguido por todos os Karatecas: Esforçar-se para a formação do caráter! Esforçar-se para manter-se no verdadeiro caminho da razão! Criar o intuito do esforço! Respeito acima de tudo! Conter o espírito de agressão!

Katas: são coreografias de luta que o karateca aprende como treino e forma de perpetuar sua tradição.

KUMITE: pode ser traduzido como “luta” que no Karatê pode ser ensaiada, amistosa ou fatal.

KIHON: são combinações de bases, socos, chutes e defesas que o Karateca repete até atingir a perfeição.

MAKIWARA: o Karateca não utiliza saco de pancadas. Seus golpes são desferidos contra uma madeira cravado no chão com uma corda de palha no lugar do impacto. Este doloroso treinamento é muito importante por tornar seu corpo suficientemente firme para suportar o impacto dos golpes.  De maneira que todo Karateca possui as mãos, dedos, canelas, pés, cotovelos, joelhos e testa marcados pelo Makiwara.

OSS: ou osu é um termo que surgiu possivelmente na escola naval japonês e que se tornou extremamente importante nas artes marciais modernas. A palavra pode ser traduzida como “suportar sob pressão” e é utilizada como saudação, agradecimento, respeito, confirmação, pedido de licença ou incentivo.

II- KARATECA PARA UD1 e OLD DRAGON 

Ikken Hissatsu – um golpe, uma morte!

O personagem iniciou um rigoroso treinamento de Karatê que o levou ao limite: infindáveis repetições de Kihon, memorização de pontos de pressão, meditação, katas exaustivos, técnicas de respiração, calejamentos no makiwara e kumites violentos que aprimoram sua mente corpo e espirito. Após anos de treinamento, conquistou sua faixa preta tornando-se um karateca.

Os ataques e defesas do Karateca envolvem a aplicação exata das posturas de combate permitindo extrair o máximo de força possível da explosão do quadril. Com efeito, o karateca não precisa de armas. Seus socos (zuki), faca da mão (shuto uke), chutes (gueri), cabeçadas (Atama Waza), joelhadas (hiza gueri) e cotoveladas (empi uchi) são seus mais eficientes instrumentos de combate.

Apesar do seu aprimoramento em combate desarmado o karateca sabe utilizar armas. Seu treinamento inclui o Kobudô, estilo de luta armada de Okinawa que aplica tonfas, say, espada, faca, bastão e nunchaku.  Se um karateca abandona suas armas para lutar ele o faz por honra. Acredita que suas mãos vazias são suficientes para derrotar seus inimigos e se permite utilizar armas apenas quando o oponente é um monstro ou utiliza técnicas de combate a distância.

Costumam evitar armaduras pesadas. Um karate-gi reforçado branco ( Old Dragon Bônus de Proteção +3/ Redução de movimento zero/ 1KG/ 150PO e  UD1 Armadura 2) branco com a faixa preta na cintura são suas únicas vestimentas de guerra.

Karateca OLD DRAGON

No 5° nível seus ataques desarmados foram aprimorados recebendo 1d8 + força de dano. No 8° nível o dano sobe para 1d10 e para 1d12 no 16° nível. Além disso, caso seus ataques levem o oponente a zero PVs ou menos, caberá ao jogador decidir se o oponente está morto ou apenas inconsciente.  Os reflexos aguçados do karateca amplia sua CA em 2 + seu ajuste de proteção de Sabedoria, enquanto estiver lutar desarmado. No 8° nível esse bônus passa para +3 e +4 no 16°.

No 8° nível o karateca já domina a técnica de Ikken Hissatsu através do Kiai. Sempre que utilizar seu kiai – um grito de guerra que expele o ar do corpo enrijecendo os músculos no momento exato do impacto – o karateca conseguirá dobrar o dado de dano do seu golpe quando lançado contra seres vivos. Caso o ataque seja lançado contra artefatos não místico resultará na destruição total do objeto. Armas, paredes, escudos e armaduras se desfazem diante do poder dos seus ataques.

No 16° nível o karateca aprende a dominar o Uke, a técnica de defesa do Karatê que apresenta os princípios de “conter o espírito da agressão”, fazendo da violência seu último recurso. Sempre que sua CA evitar um ataque corporal, o karateca terá conseguido desarmar ou derrubar o oponente, de acordo com o jogador.

Karateca  UD1

Perícias Sugeridas: Combate Desarmado Ótimo (+3), Atletismo Bom (+2), Ânimo Bom (+2) e Força Regular (+1).

Poderes:

  • Golpe Kiai (pessoal/ Instantânea / 1k+): quando grito durante o ataque consigo somar meu NH ao dano e destruir qualquer objeto não mágico.

Problemas

  • Mãos Livres: evito ao máximo utilizar armas.

Poder Sugerido:

  • Ataque Extra (pessoal/ Instantânea / 1k+): consigo atacar duas vezes no mesmo período de combate, desde que eu esteja desarmado.
  • Tai Sabaki (sempre ativo): quando estou desarmado ganho +2 na manobra Defesa.
  • Uke (pessoal/ Instantânea / 1k+): quando obtenho sucesso no ataque consigo desarmar ou derrubar meu oponente, desde que eu esteja desarmado.

Por Luiz Claudio Gonçalves

Que tem na luta sua religião.

Agradecimento ao Fabiano Neme

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: