Ataque dos Vermes Malditos para UD1

“Eles sentem a menor vibração no solo. É assim que caçam.” – RhondaLebeck

Estreando em 1990 com o título brasileiro de “Ataque dos Vermes Malditos” –  ou “Tremors”, no original – este filme de “Ron Underwood” é um marco entre aqueles que curtiam a “Sessão da Tarde Genérica” do SBT. Na obra, fortemente inspirada em “Tubarão” de Spielberg e no livro “Duma” de Frank Herbert, uma pacata cidadezinha é atacada por monstros inteligentes que se locomovem por debaixo da terra e ostentam apetite voraz pelos seres da superfície.  Ataque dos Vermes Malditos chegou a ter cinco continuações, sendo este artigo baseado somente na obra original.

Um filme trash que não pode faltar em sua mesa de Obscura.

GRAIBOID                                                      Periculosidade: 4

Descritores: animal/ o subterrâneo de desertos e caatingas/ predador insaciável

Quem visita solos áridos como desertos e caatingas deve se acautelar. A morte pode estar aguardando sob o chão, salivando o momento de abrir sua bocarra imunda traga-lo e para o ventre da Terra. Os criptozólogos chamam estes vermes malditos de Graiboids, uma espécie de predador subterrâneo com apetite especial para animais grandes – como ovelhas, cavalos e humanos.

A criatura tem formato verminóide com cerdas locomotoras, semelhantes a “nadadeiras” ou “patinhas” que permitem escavar tão rápido ao ponto de correr por sob a terra. Chegam a 9 metros de comprimento, 2 metros de diâmetro e pesam 10 toneladas. Apresentam uma bocarra adornada por três bicos negros e três tentáculos orais que se propelem em até cinco metros para agarrar suas vítimas.

A criatura não possui olfato e visão, caçando suas presas sismicamente, seguindo o som dos tremores na superfície, conseguem ouvir o menor dos ruídos.  Como não identificam a origem da vibração, se comestível ou não, atacam sempre que possível.

Inteligente o suficiente para criar estratégias, como impedir rotas de fugas,soterrar carros, destruir eletricidade, alicerces de casas, telefones e outros recursos importantes aos humanos. Sabem tornar o chão frágil para fazer com que uma vítima caia em alçapões. Aprendem rápido e dificilmente um segundo graboid cai na armadilha que fulminou o primeiro.

Se o tubarão é o horror dos oceanos, os graibods são os demônios do deserto.

Perícias: Atletismo +4; Combate Desarmado +  2; Força       +  9 eRaciocínio  +1.

Ataques

Tentáculos Dentados        ( dano 2)

Abocanhar                           ( dano 5 /-1)

Vitalidade (Proteção: 9/ 20PVs)

Problemas:

Cegueira e Disosmia: a criatura é desprovida dos sentidos de visão e olfato.

Vulnerável ao som:barulhos muito altos, como a explosão de uma dinamite no solo, assusta a criatura.

Poderes:

Escavação: a entidade escava a terra com a velocidade da perícia Atletismo. Será impossível escavar rochas, aço e outras barreiras extremamente rígidas.

Sensor de movimento: consegue localizar abalos sísmicos suaves, como   uma simples caminhada, numa área de até cinco quilômetros.

Tentáculos Dentados: a entidade possui três tentáculos com garras em forma de dentes na ponta e que se estendem em até sete metros. Os tentáculos são utilizados para agarrar a vitima e conduzi-la até sua bocarra.

Subtramas

  • Tem como localizar os Graboids através de aparelhos que registram abalos sísmicos.
  • Dizem que graboid albinos não atacam humanos.
  • Existem outras três versões da criatura.
  • Na África existem graboid gigantescos.
  • Existe uma rainha que controla outros graboids.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: