Os Piratas mais Perigosos de Thordezilhas

O oceano é um palco de caos e violência onde homens pérfidos navegam em busca de suas presas. E, de todos malfeitores que reinam sobre estas águas imundas, alguns são tão poderosos que, sobre eles, nenhum valente ousa relar o dedo. Apresentaremos aqui um pouco sobre os nove piratas mais perigosos do Mar Tenebroso.
Para quem não sabe Thordezilhas, Sabres & Caravelas é um cenário de capa & espada com muita fantasia náutica, escrito por Luiz Claudio Gonçalves, e lançado pela Redbox em 2017. Então venha a bordo e prepare-se para tocar o horizonte!

I-Pacto Silencioso
Capitães piratas tão poderosos nunca passam despercebidos. Sua fama se espalha pela boca de gente bêbada até os ouvidos de quem realmente importa. Alguns são amigos, amantes, rivais ou membro de organizações criminosas como a Irmandade Jolly Rogers ou a Sociedade do Crime, outros se adorados como heróis nacionais em sociedades avessas ao Tradado de Thordezilhas.
Chegando a existir uma espécie de pacto silencioso de não agressão entre estes poderosos bucaneiros, muito mais preocupados em tomar o ouro dos navios do que em se aniquilarem em briguinhas estapafúrdicas. Contudo, nenhuma aliança sobrevive entre ladrões. Com o tempo a cobiça do ouro e a violência destes crápulas quebra o pacto silencioso derramando sangue pirata pelo Mar Tenebroso.

II-Missão:
Na descrição do pirata apresentaremos entre parênteses o tipo de missão que o leva a navegar pelo Mar Tenebroso. Veja abaixo:
Corsário: o capitão recebeu a carta de corso que lhe garante o direito de saquear navios inimigos do seu reino. Um corsário não navega livre pelo oceano, precisa anteder aos interesses de sua pátria que financia as missões e fica com 60% do saque.
Flibusteiros: alguém que navega o oceano ilegalmente sem, contudo, ter objetivo de rapinar outros navios. Suas missões envolvem expedições místico-cientificas, colonizações ilegais ou contrabando.
Piratas: navegam livres rapinando os Sete Mares, não obedecem a ninguém e atacam qualquer navio que possa conter tesouros.

III- Os nove capitães piratas mais perigosos do Mundo
Selecionamos aqui alguns dos piratas mais perigosos do mundo. Sabemos que muitos sentirão falta de outras gentalhas do mar, como o astuto capitão halflings Billy, o garoto, o necromante pirata Cavendish ou a capitã Amabella “A Dama de Ferro” Lamouth. Mantivemos aqui apenas os verdadeiros reis dos Sete Mares, deixando estes segundos para futuras oportunidades.
Alguns destes pérfidos serão ainda revisitados no livro “Thordezilhas, Corsários Mais Procurados dos Sete Mares” que lançaremos em breve e no “Thordezilhas Desbravando o Velho Mundo” que sairá pela Redbox.

Absinto, O Corsário Negro (Corsário): o Gavião do Mar não é uma nau pirata qualquer. Financiados por alguma nação abolicionista, seu objetivo reside em atacar navios escravistas e libertar seus cativos.
Apesar dos nobres objetivos de Absinto, seus métodos são pouco louváveis. Sua maldade para com seus inimigos é comparada com a crueldade inumana dos tyburons, sendo comum envolver massacres, esquartejamentos e tortura. Dificilmente o obstinado capitão se desvia de sua missão abolicionista, quando o faz, é por um motivo ainda mais importante. Como a busca por um importante herdeiro do trono lusitano ou a tentativa de destruir um artefato capaz de eliminar a vida em Alexandria.
Ficha: caótico, ébano, mosqueteiro, marujo, 20.

Barba Negra (Pirata): para muitos, este pirata não passa de uma lenda. Um conto criado pela mente assustada dos homens do mar, como as histórias sobre os Akkedis, o Abismo Oceânico ou o Dragão das Águas. A verdade é que, se metade das lendas sobre ele for real, o pirata Barba Negra pode ser considerado o mais poderoso marujo do Mar Tenebroso.
Dizem tratar-se de um poderoso mago, talvez Lich ou Dragão que capitaneou o navio Deimos num confronto terrível contra Argos a nau dos deuses. Perdendo a batalha o dragão teria vagado pelo mundo até um dia retornar à pirataria a bordo do Discórdia.
Faz algum tempo que Barba Negra está desaparecido. Tanto que sua fama já não assusta mais aqueles que navegam o Tenebroso. O terrível pirata deve estar morto ou, quiçá, nunca tenha existido. Afinal, quem acreditaria em histórias de gente assustada?
Ficha: Desconhecida.

Anne Rogers (Pirata): muitos piratas preferem negociar com Anne devido ao seu temperamento mais brando e objetivo que seu sanguinário ex-marido. Além do que seus vastos recursos místicos e criminosos impõem motivadores que levam a Sociedade do Crime a prosperar e mesmo rivalizar com a Irmandade Jolly Rogers.
Lembre-se, contudo, de jamais citar Roger na frente desta mulher. O velho lobo do mar é a única coisa capaz de transformar o semblante sereno de Anne, em uma carranca de raiva aterradora. Ainda assim, apesar de terem se engalfinhado em batalhas hercúleas, o ex-casal parece ostentar um ciclo de amor e ódio que se diverte em caçadas de gato e rato que, por vezes, custa a vida de diversos marujos.
Ficha: ordeira, humana, maga, 17, Carisma: 18 .

Décio Barreira (flibusteiro): o mais velho pirata em serviço, afirma ter navegado em uma época onde os homens do mar eram desbravadores mais honrados. E ele diz a verdade. Foi marujo na nau que descobriu o Novo Mundo e imediato na expedição que pela primeira vez circulou o globo. Sendo correto supor que Décio apresenta mais de 300 anos. Ninguém sabe o motivo desta longevidade, alguns acreditam que tenha encontrado a fonte da juventude. Outros pensam ser ele um dragão disfarçado de humano, como também seria o caso do eremita Homero e do Imperador Demétrius.
O capitão é um competente marujo e mago poderoso que comanda o Império de Sophia, uma das belonaves mais magnificas do mundo. Sua tripulação é composta em 80% por golens e, ao que parece, seus contatos se estendem fortemente pelos reinos de Marselha e Shideron.
Fato é que os homens do mar nunca o importunam e ele retribui a gentileza abandonando a pirataria para se dedicar exclusivamente as expedições cientificas. Ainda assim o Papa Richelieu colocou um grande prêmio pela captura de Décio. Aparentemente o papa busca descobrir o motivo da longevidade do pirata.
Ficha: Desconhecida.

Dhinax-Zen (Corsário ou Corsária): astuta igual o bote de uma cobra. Implacável como o ataque de tyburons. Mortal feito o sopro de um Dragão. Esta são algumas das alcunhas de Dhinax-Zen, o corsário – ou corsária – de Fhayren, cujo navio – o Chifre de Branwen – é reconhecido como uma maravilha naval, cheio de dispositivos especiais, construído com engenharia partilhada entre Flanders e Shideron.
Dhinax-Zen não assume partido entre a Irmandade Jolly Roger e a Sociedade do Crime; seu único interesse é servir ao triunvirato Fhaeron e levar a pique os navios de Castelha e Lusitan.
Nota: difícil definir o sexo de Dhinax-zen uma vez que a raça Fhayren troca se sexo de acordo com o ser amado e a lascívia desta(e) capitã(o) faz com que se apaixone a cada novo bordel.
Ficha: Caótico, Fhayren, Mosqueteiro, Marujo, 19.

Jolly Rogers (Pirata): “Viver com Jolly não é tarefa fácil,” afirmou sua ex-esposa Anne certa vez, “Para ele tudo é guerra. Resolve qualquer coisa com rum, um balaço na cara e uma lâmina rasgando o bucho de alguém.” As palavras de Anne são um belo retrato do maior malfeitor dos setes mares, líder da Irmandade pirata que leva seu nome.
O divórcio tornou Rogers ainda mais violento e abalou o poder de sua irmandade que agora precisa competir com a Sociedade do Crime e encontrar uma forma de ampliar ainda mais seu poder, o que o faz pensar em traições.
Ficha: Caótico, Humano, Ladrão, Marujo, 18

Spektro (Corsário de Varreze): o corsário da rainha Melissa de Varreze não está vivo; trata-se de um tipo desconhecido de espectro que assume o comando do navio fantasma Carontes e sua tripulação póstuma em busca pessoas para transformar em mortos-vivos e assim engrossar as fileiras da putrefata nação de Varreze.
Sua fama tamanha se traduz em cantiga entre a marujada: “Se névoa se faz a vista, prepara os canhões e reza a Mitra, a morte a tudo conquista. O Carontes vem te buscar.”
Ficha: Desconhecida.

Viviane Lis ( Corsário de Themudjin): ela nasceu elrc – uma mestiça entre elfo e orc. Sua vida foi difícil, sofreu preconceito, fugiu da inquisição e encontrou entre os orcs a aceitação que não teve entre os filhos de Branwen ou Mitra.
Dona da educação, suavidade e gosto refinado típico dos elfos associado a brutalidade animalesca dos orcs, a capitã do “Flor de Lis” navega os oceanos levando pavor a todos aqueles que se opõe aos interesses de Themudjin.
Ficha: ordeira, elrc, mosqueteiro, marujo e N20.

Wagner Drake (Flibusteiro): nenhum pirata assume isso em voz alta, mas a verdade é que Wagner Drake é mais poderosos que Joly Rogers. O rei de Tortuga reside em uma tartaruga gingantes dos tempos antigos, é o monarca de uma nação prospera e possui contatos entre os poderosos de Alexandria. Quem ousaria contra ele? A resposta talvez resida em seus ex-mentor e grande amigo, Jolly Roger, pensamento que tira o sono do rei-pirata.
Ficha: caótico, humano, mosqueteiro, marujo, 19.

 

Por Luiz Claudio Gonçalves
Agradecimentos a Mikael, Adrielle Zephirot Gaen, Maurílio Zucatelli Junior e Riccieri Talvacchia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: